Nantes exige o pagamento do Cardiff por Emiliano Sala, diz imprensa britânica
fevereiro 6, 2019
Lula é condenado a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em ação da Lava Jato sobre sítio de Atibaia
fevereiro 6, 2019

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

Governador fala em fechar algumas unidades deficitárias. Morrinhos corre risco?

O governo pretende mexer na rede de Vapt Vupts. Vai padronizar salários, fechar unidades e mudar outras de endereço, informou o secretário de Planejamento e Gestão (Segplan), Pedro Sales nesta quarta-feira (6). Na prestação de contas de seu primeiro mês de gestão na terça-feira, o governador Ronaldo Caiado (DEM) revelou que estava em curso uma reestruturação da rede de serviço, sem entrar em detalhes.

Segundo o secretário, esta reestruturação faz parte de um estudo que começou a ser realizado logo depois da posse, quando a secretaria teve de afastar cerca de 300 servidores por ordem judicial. A Segplan informa que há 80 unidades de Vapt Vupts por todo o Estado, 30 funcionando em prédios alugados, e 800 servidores, a maioria deles comissionados.

De acordo com secretário não há padronização salarial, com isso, há pessoas sentadas umas ao lado das outras recebendo R$ 1 mil reais, R$ 4 mil e até R$ 6 mil. Ele diz que a escolha dos locais de cada unidade também não obedeceu a critérios de densidade populacional e de localização geográfica. A medida também visa reduzir prédios alugados e gastos. As mudanças devem afetar dez unidades.

É isso que ele pretende mudar, mas garante que o projeto será exaustivamente discutido pelo governador Ronaldo Caiado. “Os Vapt Vupts têm grande interface com a população. Qualquer mudança será antes bem discutida”, afirmou.

E AQUI EM MORRINHOS?

É um exercício de análise, mas dificilmente isso acontecerá com a unidade morrinhense. Primeiro porque ela sempre foi muito elogiada como uma das mais produtivas do Estado.

Segundo porque o convênio firmado entre Estado e Município parece sólido e aqui o Estado não tem despesas com água, energia elétrica, aluguel ou sequer com o cafezinho, tudo bancado pela Prefeitura de Morrinhos. A localização é boa e os serviços prestados para a comunidade são muito elogiados.

Outro indicativo de que a unidade morrinhense não será fechada foi o anúncio, por parte do deputado estadual Amauri Ribeiro, que na semana passada, aqui em Morrinhos chegou a anunciar o nome do novo coordenador geral do Vapt Vupt, o contador Vitor Amorim.

Ainda não procuramos o prefeito Rogério Troncoso para falar sobre o assunto.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: