Após morte de Michel Nisenbaum, entidades judaicas criticam atuação de Lula