Bolsonaro afirmou a aliados que ficou em silêncio em reunião e que plano de golpe era “coisa de maluco”