Combinação de influenza e covid não é motivo para pânico, diz infectologista goiano