Faeg vê abalos “mínimos” da guerra sobre exportações de carne em Goiás