Justiça manda que governo explique, até segunda-feira (14), aumento nos combustíveis