Caiado defende que times goianos ainda não liberem torcedores nos jogos