João Teixeira de Faria, o “João de Deus”, é condenado a mais 109 anos de prisão